Primeiro, Mataram meu Pai – Filme

0

Primeiro, mataram meu pai (2017),  filme dirigido e produzido por Angelina Jolie, já está disponível na Netflix.

Adaptação do livro First They Killed My Father: A Daughter of Cambodja Remembers, escrito por Loung Ung, conta a história da sobrevivência de uma menina durante o regime do Khmer Vermelho no Camboja, que durou quatro anos e levou à morte dois milhões de pessoas ( ¼ da população). A criança foi separada de sua família: seus irmãos foram enviados para campos de trabalhos forçados e ela treinada para ser guerrilheira mirim em um campo de refugiados órfãos.

A ativista cambojana Loung Ung, autora do livro, também escreveu o roteiro em parceria com Angelina Jolie.

O filme será o representante do Camboja para disputar o Oscar de melhor filme estrangeiro.

Em 1975, quando o governo americano saiu do Camboja, o exército do Kmer Vermelho invadiu a capital Phnom Penh e obrigou toda a população a abandonar seus bens e trabalhar como escravos nos campos, denominados The killing fields.  Sob a ótica da criança, a lente varre a paisagem repleta de fartura das colheitas que aqueles que trabalham não desfrutarão em nada. A criança não compreende a extrema violência a sua volta e, menos ainda, o que precisa aprender a fazer para sobreviver e não ser punida. O filme é bastante longo e angustiante e cria uma sensação de isolamento da menina no meio àquela situação completamente diferente da que vivera até então, em uma dinâmica familiar confortável e feliz.

Angelina representa o terror de um povo devastado por um governo tremendamente autoritário e injusto.

A fotografia é de Anthony Dod Mantle, que carrega nas tintas na tela brutal e sangrenta.

A atriz Sareum Srey Moch com seu olhar expressivo e devastado é um talento promissor.

Kompheak Phoeung, Sveng Socheata e Chenda Run também estão no elenco.

FICHA TÉCNICA
Direção: Angelina Jolie
Roteiro: Loung Ung, Angelina Jolie
Produção: Angelina Jolie, Rithy Panh
Elenco: Sareum Srey Moch, Kompheak Phoeung, Sveng Socheata, Chenda Run
Direção de Fotografia: Anthony Dod Mantle

Patrícia Rati

 

Compartilhar.